sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Não pode piorar... sem dúvida!!

Bom dia minhas amigas!
Apesar do sol lindo que brilha no céu e que me dá alento para mais um dia meu coração está triste e com vontade de chorar.
O meu gatinho alado, o "Lord" não parecia melhorar e estava a apresentar algumas dificuldades em respirar, sem pensar suas vezes ontem recorri a outra clínica para pedir um novo parecer médico... depois da observação e análises ao sangue foi diagnósticado Peritonite Infecciosa Felina. Um coisa tão simples e dal qual eu por diversas vezes tinha alertado os veterinários para a tosse estranha que o bixo apresentava... algo que se houvesse competência já podia ter sido diagnósticado à mais de 1 ano. Enfim!

E em que consiste esta doença: é um virus que foi "descoberto em 1960, o coronavírus felino, provoca uma situação patológica grave - a peritonite infecciosa felina -, associada a diarreias mas com uma sintomatologia muito variada (perda de apetite, emagrecimento, aumento do volume abdominal com acumulação de líquidos, alterações respiratórias)".

Para além de não ter cura e o gato ir morrer daquilo, causa imenso sofrimento aquando das crises, que o mais certo é ter que se eutanasiar o bixo para acabar com o sofrimento. O veterinário alertou-me para todos os aspectos da doença, o que ele poderia fazer... nada contra o vírus, mas injectou o gato com diversas vitaminas de modo a que ele arrebita-se e a febre baixa-se. Se tal não acontecer até sábado as únicas opções que tenho é levá-lo para casa e vê-lo morrer ou optar pela eutanásia e acabar com o sofrimento ali.

"Mas?" Perguntei eu ao médico " se ele tem o vírus porque só agora ao fim de quase 2 anos de vida é que teve uma crise destas?" Tal como os humanos o estado psicológico conta muito para a luta e resistência do organismo contra vírus, neste caso dada a situação emocional lá em casa e de ele ter se ido abaixo pela perda do dono fez com que o vírus vence-se!! Ficou tudo registado na ficha clínica, como motivo para o desencadear da crise...

"E quanto tempo poderá ele durar?" O gato que o veterinário teve que durou mais tempo foi 2 anos e era um gatarrão de rua, todo armado em mauzão, fez imensas aspirações de líquidos ( que pelo que o veterinário me disse são dolorosas!), de resto quando começam a ter crises são recorrentes e pouco ou nada se pode fazer...

É assim o meu final de semana...

8 comentários:

Fazendo Crochê disse...

Oi Gabriela
Puxa...é muito triste...eu não gosto nem de imaginar o q vc esta sentindo...eu nem sei o q falar...
fique bem...
bjs

Sandra disse...

Olá Gabriela! fico muito triste em saber da doença do seu gatinho... eu tb tenho um, e quando ele ficou doente, sofri muito... mas agora ele está bem... Sandra

marilenealbu@gmail.com disse...

Olá Gabriela, fiquei triste ao saber da doença do seu Gatinho. Eu também gosto muito de gatos, e, espero que ele se recupere , pois temos que ter esperança, né!? se ele não se recuperar, desejo força pra vc poder superar essa barra.
bjo
Marilene

FUXIQUICES disse...

Olá Gabriela, imagino a tristeza que vc deve estar sentindo por causa do seu gatinho. E duro ver um bichinho que amamos tanto a sofrer. Espero que ele ultrapasse logo esta crise. Força!
Su Ferraz

Fios de Palha disse...

Olá Gabriela!
Sei muito bem o que estás a sentir.Passei pelo mesmo com um dos meus cães em Abril. Continuo com ele no meu coração, mas sempre que penso nele aperta aquele nó na garganta.
Um beijo grande
Salomé

Atlantic disse...

Força, Gabriela ! O teu estado de espírito reflecte-se imediatamente no teu gatinho - e já sabemos como o pensar positivo é a chave para a cura, mesmo do cancro !!!

Também 1 alerta: há mais de 400 tipos de coronavírus, por isso as "donas" de gatos não se deixem levar pela cantiga dos veterinários de fazerem "testes a PIF" (que não existem)- existem testes a coronavírus e raro é o gato que ainda nunca esteve em contacto com 1 das 400 espécies... A PIF é desencadeada por uma mutação de um desses coronavírus, mutação essa que pode ser provocada por stress, mas só a autópsia prova sem dúvida alguma que houve PIF... De resto, os sintomas de PIF são muito enganadores e podem ser sintomas de muitas outras doenças, curáveis !!!

Portanto, Gabriela, por amor do teu gato, coloca o teu coração e cabeça do lado da esperança e, melhor, da certeza de que ambos vão vencer !

Muitos beijos.

Maria disse...

Olá Gabriela
Apesar de tudo, o miau tem muita sorte em te ter como dona, alguém que fica até ao fim.
Neste momento, o mais importante é o miau e dar-lhe o melhor, o resto, infelismente, não depende de nós.
Muita força!
Beijinhos
Maria

Meg disse...

Oi.... eu sou do grupo sos-gatos-artesanato.... tão fofo era esse seu gatinho....