sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

"Ode ao gato"

Os animais foram
inacabados,
longos de cauda, tristes
de cabeça.
pouco a pouco foram-se
formando,
tornando-se paisagem,
adquirindo sinais, graça, voo.
O gato,
só o gato
apareceu completo e orgulhoso:
nasceu completamente terminado,
anda sozinho e sabe o que quer."


by Pablo Neruda

Não fugi nem nada que conste, simplesmente ando por aqui. Não tenho nada feito recentemente... simplesmente um projecto novo e daqueles que dão "panos para mangas".

Quanto à Ode de cima digo que é enorme, meti apenas um excerto, podem ler o resto aqui.
É algo que me acompanha há uns anos e que leio frequentemente.

Por aqui está tudo calmo e os gatos estão bem de saúde e de momento é tudo o que se quer e se deseja para o futuro.

Beijos a todas, bem grande às que se preocupam com a minha ausência.

3 comentários:

Patty disse...

Olá

Descobri seu blog através de uma foto de uma bolsa sua postada no blog da LIlinha.
Adorei seus trabalhos e seu blog e percebi que além do artesanato temos outra paixão em comum: os gatos. Eu também adoro gatos e amei o post da ope aos gatos que vc publicou

bjs
Patty
http://agulhasfashion.blogspot.com

Gabriela... disse...

P/ PATTY
Olá, muito obrigado pela visitinha aqui ao meu humilde cantinho.
E deixa-me que te digas que fazes roupas lindissimas.
Principalmente daquele cachecour rosa... está demais.
Beijo enorme e já está nos meus link's

Sarita disse...

Gostei do poema!!
Tambem adoro gatos!