segunda-feira, 24 de março de 2008

Dias de reparações

Mais uma festividade passada e umas mini-férias gozadas! Não fiz nem metade do que tinha agendado mas diverti-me imenso mais o "malarido" e isso é que interessa.
Fomos às compras, passeamos, dormimos (algo que nos andava a fazer falta há imenso tempo), passamos tempo de qualidade com a nossa gataria que até estranharam a nossa presença em casa durante tanto tempo.
Mesmo assim, apesar do pouco que fiz, adiantei alguns pendentes que por lá andavam e fiz peças novas (com peças que tenho lá feitas já há imenso tempo).

Mas grande parte passei em reparações... Pois é, para além de criar coisas novas também faço reparações em artigos antigos e danificados. Esta faceta minha não conheciam, pois não?
Este fim-semana a minha bancada parecia a de um ourives, candeeiro de alta potencia, alicates, arames, fios, contas, pedras...
Tive um pedido de reparação de colares de pérolas tão antigos, tão lindos. Colares mais velhos que eu ou que a minha mãe. Pérolas com mais de 60 anos!
Foi algo que me deu imenso gozo e tamanho cuidado, tanto que ainda não acabei a tarefa (ficou por reparar um, que está hoje a secar depois de uma limpeza exaustiva das pérolas).

Pérolas nunca tinha sido grande fascinio meu, sempre as associei aos colares das nossas avós...
Mas desde que casei e decidi levar pérolas e passei horas a aprecia-las, a ver o seu peso, tonalidades... tudo! Passei a adorá-las!
Não sei, tem algo de especial, um requinte extraordinário.

Destes colares que tenho andado a reparar fiquei apaixonada por esse da esquerda, pelo seu peso e tonalidade ( muito diferente do que vi até agora porque reflete vários tons!).


Pena não serem de alguém da minha familia porque se fosse de certeza que eu me iria ajoelhar e pedinchar até não haver amanhã.
Fiquei realmente apaixonada.

2 comentários:

Isália disse...

Pode ser que alguem oiça o teu pedido e te ofereça...:)

Gabriela... disse...

Duvido muito, o colar é tão antigo!
Nunca tinha visto destas pérolas à venda e olha que eu vi muita coisa.
Já começo a questionar se teria sido comprado em Portugal.