domingo, 17 de maio de 2009

Perdida e achada

Com as braçadas de gatos que tenho cá por casa é quase impossível não haver ocasiões em que me desaparecem coisas... ele são brincos, pulseira, chinelos... so on, so on.

O ano passado (que vergonha) pediram-me, com tempo, para eu fazer uma pregadeira em forma de clave de sol para servir do botão a um casaco. Eu comecei de volta daquilo toda contente, como demora imenso tempo enrolar aquele arame minúsculo a pregadeira meia-feita foi ensacada no meio dos meus pertences aquando da minha saída da empresa onde estava. O meu divórcio ainda muito recente.
Depois faltou a coragem para desempacotar aquilo.
Depois veio a coragem e faltou o tempo.
Depois veio o tempo e acabou-se aquilo.
Depois vieram os gatos e deram sumiço...

Este fim semana, quando finalmente tive mais tempo para me dedicar aqui às lides domésticas eis o que encontro!!!! A pregadeira!!

Esta quem dobrou o molde foi o Hugo porque diz ele que a clave de sol são mais esticadinhas (manias). Leva um alfinete de dama incorporado para poder fechar casacos, boleros e afins.
Toda enrolada em arame artístico de 0,25 mm.

2 comentários:

Anita disse...

E não é que ficou gira
bjos
Ana

Sílvia disse...

Tu sabes quantas dessas fiz eu para o meu casório? Nem me lembres desses tempos... malditas claves...
Nós fizemos dessas para colar no CD que demos de lembrança ao pessoal... Até ficaram giras eheheheheh