terça-feira, 5 de maio de 2009

A reiniciar novamente o ritmo

Ainda há uns dias comentava com o gaijo que desde que casámos eu deixei de me dedicar aqui ao Cantinho a 100% como o fazia antigamente, não por falta de tempo mas por o mal empregar.
Não faço mais nada agora a não ser estar na cozinha de volta de qualquer coisa sempre ligada com comida, dormir e vegetar a ver um pouco de TV. E o tempo passa...

Este ano que posso dizer que muita coisa mudou na minha vida e eu me tenho obrigado a mudar um pouco também tenho andado meio desorientada, aos poucos e poucos vou finalmente conseguindo achar o meu norte que sinceramente não sei onde me vai levar.
Por incrível que pareça depois de uns meses que recusei muitas encomendas e me dediquei às poucas que aceitei tenho vindo outra vez aos pouquinhos a mexer-me. Mas devagarinho...

E assim com muito amor e carinho lá acabei mais uma encomenda para uma amiga, 2 eco-bags...




Como deu para reparar (não fossem estas 2 últimas fotos) resolvi alterar a coisa, de fita de cetim presa no fundo fiz um elástico com o mesmo tecido. Assim quando não estiver a segurar o saco pode estar a segurar o cabelo ou o que se quiser.
Foi para o que deu quando estava a fazer, podia ser pior.

4 comentários:

Cor de Chá disse...

Gostei! O elástico é bem mais prático :)

Susana Borges disse...

Adorei! :) Não fossem elas para mim..eheheh. A ideia do elástico realmente é bem prático.
Bjinhux *

Matando Saudades e Fazendo Croche disse...

Oi amiga,
trabalhinhos lindos sempre, adorei a bolsa roxa, beijos.Ivone

Eunice Martins disse...

OLA AMIGA,

A Lista

Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?
DESEJO UM BOM FIM DE SEMANA,
E UM FELIZ DIA DA MÃE.
BEIJOS COM CARINHO.