quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

AJUDA!

Reciclagem de perfumes? Quem sabe?





Preciso de soluções para os perfumes todos que tenho lá em casa e não utilizo (a asma faz com que o meu narizinho seja muito sensível a cheiros... mas as pessoas insistem em oferecer-me perfumes).

Ontem já tinha juntado pelo menos 9 frascos quase cheios de perfume que tenho pena de deitar fora mas não sei como reciclar aquilo.

Aceito sugestões e ideias viáveis para utilizar os líquidos para evitar ter que os deitar fora quase cheios.

Brigadim!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Só vendo imobiliária pela frente

Hoje acordei com uma paranóia muito estranha... anda-me a apetecer forrar as paredes quase todas lá de casa com papel de parede às bolinhas!

Vi um numa publicidade que simplesmente me cativou o olho.
Eu que sempre fui a 100% a favor de paredes crú que dá para condizer com tudo e com todos, e que gosto depois de conjugar com tecidos e materiais coloridos

Tou ficando louca só pode.


Venho avisando que estou retornado à vida activa.

Depois de 3 semanas só pensando e respirando imobiliária comecei a ter espaço para respirar outro ar e é claro o boss também já está dando abébias para isso e me deixando respirar mais um bocado fora do estaminé.

Estou na última carreira do meus novos naperons para o quarto... que já estão cheirando a esturro de à tanto tempo que ando com eles na mala.

E de seguida vou começar uma encomenda de uma malinha e me vou seguir por essa aqui que tirei do blog da minha querida Camila.





terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Mais uma cliente satisfeita!

E com um sorriso destes acho que qualquer pessoa se derrete. E depois a mãe faz questão de meter fotos assim da pimpolha!!!

-Eu posso não gostar muito de pato Francisca, mas aqui a amiga ao pé de ti até o pato comia... mesmo esse amarelinho (de vez em quando também me dá aqui umas nóias nos dentes).

Adoro ver quando aquilo que faço serviu às 1000 maravilhas, é que por vezes meto-me a inventar tanto que para aí 75% do que faço não sai mesmo deste espaço de onde escrevo agora... o recôndito escritório onde existe de tudo o que se possa imaginar. Lixo com fartura também!

Mas eu agora ando-me a dedicar a coisas mais sérias, "croché das velhinhas" como aqui o gajo diz. Gostava de ter podido partilhar a cara dele de terror quando deitadinho na cama reparou finalmente no que eu estava a "tricotar" e me pergunta se eu agora me virei para os naperons, parece que estou a degenerar.

domingo, 8 de fevereiro de 2009

A 1.ª já passou

Pensei que fosse custar mais a 1.ª semana num trabalho novo, mas muito pelo contrário passou num instante e lindamente.
Ontem de manhã a minha colega perguntava "Estás a gostar?"
CLARO QUE ESTOU! Nem se pergunta.
Mas posso dizer que foi uma semana só e exclusivamente dedicada ao trabalho, trabalho e má disposição tendo em conta que passei grande parte da semana a vomitar. Nervos dizem elas!
Ora foram vómitos, dor de cabeça, noites com poucas horas de sono, cansaço... ando que já nem posso. E não me sinto stressada com o trabalho, aliás super calma. Hoje acordei novamente com a dor de cabeça e isto tira-me um pouco do sério.
Gosto de me sentir bem para fazer melhor ainda. E assim sinto que não estou a dar o meu melhor e é isso que quero, quero fazer o que sei fazer e da melhor maneira. Mas sem comer quase nada e com dores de cabeça não há pachorra para estar em frente a um pc ou a discutir facturação com quem quer que seja, nem a tentar resolver problemas de publicidade.

Espero que esta próxima semana corra melhor ainda, já decidi que não posso continuar a ver só aquilo e tenho que ocupar as minhas ,agora, 2h de almoço em outra coisa qualquer que não seja ir aos bancos ou fazer outro tipo de serviços. Assim e já com os livros em casa vou recomeçar o Inglês que parei esta semana, como consegui passar de nível vou começar num patamar superior e pelo que parece muito mais difícil. Como a escola fica a poucos minutos a pé do trabalho vou começar a fazer as aulas lá e não em casa, assim fico com as noites mais livres para ver tv ou ler.
E nos dias em que não for à escola vou estar de volta das encomendas que tenho pendentes e que teimam em continuar a chegar assim como elogios ao que faço e que esta semana me fizeram ficar a babar em frente ao pc... (juro que limpei o teclado depois).

De momento ando ali a fazer reciclagem... com os restos dos meus cortinados do quarto. Está a ficar muito giro e possivelmente está prontinho em breve para se poder mostrar.
Tenho também continuado a pesquisar sobre trabalhos em arame artístico, posso não ter grande jeito, nem 1/5 do material necessário, mas descobri que a seguir ao croché são dos trabalhos mais lindos que eu já vi.
Aqui vão 2 exemplos de revistas japa que encontrei na net.



terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Dó, ré, mi, fa, sol, lá, si, dó

As claves de sol não podia faltar na música, "of course"!

Finalmente comecei a acabar os conjuntos que trazia numa caixa do meu ex-trabalho. Só agora quando tive que dar a volta para regressar é que dei com os meus arames cantantes retorcidos e emaranhados.
Um conjunto de brincos justinhos à orelha e o alfinete de peito.
Isto tudo porque houve muita gente que gostou dos que fiz para mim o ano passado.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

De volta ao batente

E prontos lá se foi a boa vida, as manhãs na sorna, as tardes a ver TV.
Hoje já comecei a trabalhar... e a sair a tarde e más horas.
Por acaso tive muita sorte em me ter despedido e já ter outra coisa em vista, ainda consegui ter umas fériazitas em casa para repor baterias.

No fim semana como sempre andei nas minhas arrumações, é que começo tanta coisa e faço tanta coisa por vezes fica sempre qualquer coisa pendente.
Tenho andado a pesquisar na net para aprender mais sobre as várias técnicas de trabalhar arame e ando fascinas com as peças soldadas e polidas. Simplesmente magníficas!

Comecei já a experimentar pelo mais básico, claro! Mas gostava um dia de poder experimentar soldar, mas para isso preciso de comprar um montão de material. Até lá vou treinando nas voltinhas e montagens.





Tenho também andado a estudar umas coisas sobre fotografia, que sempre foi o que mais me meteu nervos por não conseguir tirar fotos que gosta-se (estás já foi cumprindo alguns requisitos de controlo de luz e tal... e até acho que me safei ligeiramente bem para o que tinha pensado).

Estes brincos foi uma produção-reprodução-rearranjo, já os tinha feito há uns meses com arame mas não tinha gostado do efeito. Agora acho que ficaram mais ao meu gosto.