segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

De férias e de volta ao ritmo

Se não tivesse sido a dor de cabeça que se instalou aqui hoje no meu T1 (onde vive em vasta luxuosidade o meu neurónio solitário) tinha acabada mais um trabalho e iniciado outros tantos.
Este fim semana que passou foi um dos mais produtivos dos últimos, vá 24 meses, não contando com a saga dos porta-chaves que tive o ano passado porque aquilo foi tipo linha de montagem.

 
 

Cá de casa uma das tarefas do bloco de notas já está cumprida.
Comecei logo no sábado dedicada ás pinturas e apliquei nos aros dos placares de cortiça, que já tinha comprado há imenso tempo, tinta de areia (que desta marca já nem se vende) amarela  com brilhantes.
Aquilo foi tinta nas mãos, tinta na roupa, tinta no cabelo e, não sei como, tinta na mala que tinha pendurada no bengaleiro no hall de entrada.
Um festa!
Mas já estão afixados e já começamos a pregar as nossas pequenas recordações que temos vindo a amontoar aqui numa gaveta.


P.S. para quem não vê bem, são mesmo bilhetes do concerto do AC/DC

Sem comentários: