quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Dia de festa

Para uns, outros nem por isso.
O pai adoptivo da bicharada está doente, aliás trocava homem doente pela dor de arrancar uns dentinhos na boa.
Ora pai doente, o jantar foi com toda a certeza canjinha de galinha (daquela verdadeira que anda no campo a comer ervinhas e pedrinhas), que tenho ali em saquinhos congelados e é aqui reside o motivo da festa.
Enquanto para os humanos houve canja de galinha a fumegar, para eles (os gatos) houve um bom bocado antes gelado de galinha...

1 comentário:

Janine Bettencourt disse...

HAHAHAHAHAHA
quem me dera que isto tivesse som p ouvires a minha gargalhada!
Com o meu xanito tb n posso deixar nada a descongelar na bancada da cozinha, corremos o risco de ficar sem jantar!
:D