terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

A filha não pródiga

Quem for de fora e não souber pensa que eu tenho uma filha hiper-activa ou detentora de um problema qualquer de falta de calma e o dito vulgar "tino".
Ao fim de mais de 2 anos continuo a passar o dia a gritar:
- "Margarida, sai daí!"
- "Margarida, não mexas!"
- "Margarida, casa!"
- "Margarida, não repito mais nenhuma vez!"

Ou então já em desespero:
- "Margarida, Margarida, Margarida!"
Mas não a tempo de evitar o estrondo e tudo espalhado pelo chão.
- "Margarida, bela porcaria que fizeste!"


Será que vou aguentar muito tempo esta nova função de mãe de gatos a tempo inteiro?

3 comentários:

Patricia disse...

ahahahah

Gata Lili disse...

lindo cartão. parabéns pelo blog. já estou seguindo! tudo de bom para você e seus bichanos! miaaauuu...

Janine Bettencourt disse...

Eu queria ser mosca para ver o dia a dia de Gaby e seus bichanos :)