sábado, 5 de fevereiro de 2011

Porque somos escravos deles

Já não bastava o termos que garantir o bom funcionamento de toda a casa e que não faltem mantimentos para as 9 boquinhas que aqui habitam ainda temos que nos armar em trolhas e reparar as coisas deles.

Ao fim de quase 2 anos de uso estava assim:

Todos os dias era lixo espalhado pelo chão: papel e bocado de sizal.


O material e a consciência de que teremos umas horas de trabalho pela frente.

4 comentários:

Sílvia disse...

Já acabaste o trabalhinho? Ficou tudo pronto?
Fixe...
Agora: mando para aí o trepador das minhas queridas felinas (que só são 2 e conseguem pô-lo bem pior que o vosso) ou vens cá arranjá-lo?

Cenourit@ disse...

Uma vez que já tens a ferramenta e a matéria prima... dá um saltito aqui à tasca que um dos trapézios dos meus "garotos" está igual...

celia disse...

gostei muito do teu blog, já agora tenho aqui um igual... por isso já que estás com embalagem passa cá por casa :) e também costumo acordar com o tic tic no chá do quarto.. mas é só de uma gata, a outra tem pezinhos de lã e nunca faz barrulho
já agora passa também no meu blog
http://botoesdeideias.blogspot.com/

beijos

botoes de ideias disse...

gostei dos teus trabalhos e como já vim que vais com embalagem passa aqui por casa com o sizal... a cola quente tenho eu :)
já agora ficava contente se visitasses o meu blog
http://botoesdeideias.blogspot.com/

beijos