sábado, 7 de julho de 2012

Dia da Mãe é quando uma filha quiser..





Um porta-chaves para a minha mãe inventado por mim, para que ela nunca se esqueça dos 2 filhos maravilhosos que criou (cof, cof, cof).
Feito com aproveitamento de restos de material: ganga, EVA, tecido, papel para estampagem e um pouco de paciência.
Poderão perguntar-se porque está um lado enfeitado com botões e o outro com pequenas peças de metal?
Tudo tem sentido e foi feito de propósito, a minha mãe vai entender perfeitamente, porque comigo é tudo borboletas, lua, estrelas e corações com muito drama à mistura (daí o alfinete)  com o meu irmão é tudo certinho e direitinho, como os botões que encaixam religiosamente na casa para onde foram feitos.

3 comentários:

Cor de Chá disse...

Amiga, está fantástico! Adorei :)

(Reconheço ali materiais que me são familiares ;) Boa reciclagem!)

Isália disse...

Olha, fiquei mesmo sem palavras. Só tu mesmo para teres estas ideias fantásticas. A tua mãe vai adorar :)

Luana Florêncio disse...

adorei a ideia,,, me siga http://arteirassempredeplantao.blogspot.com.br/