quinta-feira, 16 de maio de 2013

Simpatia contra caloteiros

Recebido por e-mail numa tentativa de brincar comigo e com a minha lista de entregas feitas e não pagas.
Eu não lhe chamo de caloteiros, intitulo-me é a mim de Madre Teresa de Calcutá porque sou tão bondosa mesmo quando não tenho ideias de o ser.
As pessoas não entendem que fazer algo não implica só investir tempo, implica pesquisa, comprar materiais, experimentar, estragar até que saia bem.
Desde o mais simples par de brincos, pulseira ou mala eu tive que investir no material!

Por isso aqui fica a simpatia que eu vou experimentar a ver se nos próximos tempos a minha lista negra diminui:

"Escreva o nome e a quantia que a pessoa deve num papel e ponha num pires. Coloque 3 chaves de qualquer tamanho em cima do nome em forma de cruz e diga: “chaves, peço-lhes que abram a mente de fulano para que venha logo me pagar”. Em seguida embrulhe as chaves no papel e coloque fogo. Coloque as chaves e as cinzas onde a pessoa não passe nunca. Fazer 3 dias."

Como sou uma pessoa simpática e bondosa agora vou-me dedicar às simpatias.

Sem comentários: